Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Mensagem conjunta da ONU pelo Dia Mundial do Professor – 5 de outubro

Mensagem dos Diretores Executivos da UNESCO, Irina Bokova; do PNUD, Helen Clark; do UNICEF, Anthony Lake; da OIT, Juan Somavia; e do secretário-geral da organização Internacional da Educação, Fred van Leeuwen, por ocasião do Dia Mundial do Professor, 5 de outubro de 2011

Nova Iorque, 5 de outubro – Hoje, no Dia Mundial do Professor, honramos os milhões de educadores do mundo inteiro que dedicam sua vida a ensinar crianças, jovens e adultos.

O tema deste ano, “Professores para a Igualdade entre Gêneros”, lembra-nos que, para atingir a Educação para Todos (EPT) e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), a questão de gênero no ensino deve receber atenção especial, começando pelo direito das meninas de acesso à escola. Sabemos, por exemplo, que, em muitas regiões, uma proporção baixa de professoras significa menos meninas escolarizadas e consequentemente ainda um número menor de professoras no futuro.

Educar meninas e mulheres, porém, tem benefícios em cascata para o desenvolvimento humano: menor taxa de mortalidade durante o parto; mais bebês saudáveis; mais crianças na escola; melhor proteção para crianças e mulheres contra o HIV e a aids, o tráfico e a exploração sexual; além da capacitação política das mulheres, o que leva ao desenvolvimento mais forte e mais inclusivo.

Se quisermos dar oportunidades idênticas às nossas filhas e aos nossos filhos para que atinjam seu pleno potencial e reivindiquem seus direitos, devemos elaborar políticas e estratégias que atraiam e motivem homens e mulheres capazes de ensinar, ao mesmo tempo permitindo-lhes a criação de ambientes de ensino igualitários. Uma maior e melhor educação para todos exige bons professores e incentivos para estimular professores e professoras em todas as áreas e níveis de ensino. Isso garantirá que meninos e meninas tenham modelos apropriados ao longo de toda sua educação.

Mulheres compõem a maioria da profissão docente no nível primário, 62% mundialmente, mas podem chegar a uma proporção de até 99% em algumas regiões. Apesar da predominância das mulheres na profissão, as condições de trabalho, o salário e o status estão se deteriorando. As desigualdades dentro da profissão docente devem ser reduzidas para que os professores sejam bons exemplos da igualdade de oportunidades para meninos e meninas em todas as áreas e níveis de escolaridade.

Devemos promover oportunidades iguais para que as mulheres sejam líderes nas escolas, gerentes institucionais e encarregadas da tomada de decisões nos ministérios de Educação, para que haja cada vez mais professoras de matemática, ciência e tecnologia e para que mais homens sejam recrutados como educadores infantis e de ensino primário.

É igualmente importante identificar as causas da escassez de professoras onde isso exista. Providências adequadas para proteção da maternidade e licença paternidade, bem como proteção efetiva contra violência sexual e abuso, são fundamentais. Se professoras qualificadas temem empregos em áreas periféricas ou rurais, como podemos convencer pais relutantes a enviar seus filhos para a escola?

Tais problemas, assim como a possibilidade de que os professores influam nas decisões sobre educação por meio do diálogo social, devem ser debelados para tornar realidade um emprego decente para professores e uma educação de qualidade para as crianças. Conclamamos todos os nossos parceiros na educação para trabalhar em prol do respeito pleno dos direitos e das responsabilidades estabelecidos na Recomendação relativa à situação do pessoal docente de 1966, da OIT-UNESCO, e a Recomendação da UNESCO relativa à condição do pessoal docente do ensino superior de 1997, ponto de partida para este dia especial. Esses são os pilares para a construção de uma força docente profissional de qualidade.

Reiteramos nossa gratidão e nosso apreço pelos esforços e pela dedicação das professoras e dos professores, que assumem a responsabilidade de educar gerações futuras para que possam construir sociedades baseadas no desenvolvimento sustentável, na paz, na democracia, nos direitos humanos e na igualdade.

Junte-se a nós, no dia 5 de outubro de 2011, na comemoração dos professores em todo o mundo!

 

 
unite for children