Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Comunidades populares em ação

© Arquivo UNICEF
Moradores da Vila Guacuri, na Zona Sul de São Paulo, participam do Mutirão da Saúde.

São Paulo, 1º de julho – No Rio de Janeiro, em São Paulo e Itaquaquecetuba, o apoio do UNICEF vem ajudando 94 comunidades populares a realizar um conjunto de ações para melhorar as condições de vida de suas crianças e seus adolescentes. Essas comunidades relatam com orgulho seus avanços e suas atividades.

Na Vila Guacuri, em São Paulo, o Grupo Articulador reuniu 300 pessoas no final de maio, no Mutirão de Saúde, uma atividade itinerante pelos bairros da subprefeitura de Cidade Ademar (SP).

Com uma forte articulação entre subprefeitura e comunidade, o evento proporcionou atendimento oftalmológico para várias crianças e aferição de pressão arterial e verificação de glicemia para pais e responsáveis. Em paralelo aos atendimentos, foram feitas a verificação da situação de saneamento da região e a limpeza do córrego que passa no local.

Segundo Nilza Eurico dos Santos, articuladora comunitária, graças ao Plano de Ação (estabelecido pela metodologia da Plataforma dos Centros Urbanos) foi possível estabelecer uma boa articulação com as associações dos bairros vizinhos para promover esses eventos tão importantes para os moradores e suas crianças. “O evento serviu para mostrar que é possível uma aproximação com a subprefeitura. É só correr atrás e ter informações”, relata Nilza.

Os Adolescentes Comunicadores da Plataforma cobriram o evento que, devido ao grande sucesso, foi repetido novamente em junho, em uma escola municipal.

 

 

 

 

Garantindo os direitos de meninas e meninos nas cidades brasileiras


unite for children