Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Daniela Mercury conversa com crianças no Iprede, instituto apoiado pelo UNICEF no Ceará

Embaixadora do UNICEF no Brasil conheceu a metodologia do projeto que atende crianças e suas mães e considerou o atendimento exemplar

© UNICEF/BRZ/Evilázio Bezerra
Na brinquedoteca, montada com recursos de doações de consumidores de energia elétrica para o UNICEF, Daniela Mercury brincou e cantou com as crianças atendidas pelo Iprede, em Fortaleza.

Fortaleza, 13 de abril – Daniela Mercury, Embaixadora do UNICEF no Brasil há quase 16 anos, passou ontem quatro horas no Instituto de Promoção da Nutrição e do Desenvolvimento Humano (Iprede), em Fortaleza, visitando a instituição a convite do UNICEF. Ela está em Fortaleza para fazer show na Praia de Iracema, pelo aniversário de 285 anos da cidade.

A cantora baiana, ao chegar à sede da instituição, leu as várias frases de poesias pintadas nas paredes e, logo na primeira sala em que se encontrou com as crianças, sentou no chão e passou a cantar e brincar com meninos e meninas, com muita alegria e disposição. As crianças ficavam disputando o seu colo.

Na instituição, além de percorrer as várias salas de atendimento das crianças e de profissionalização das mães, ela visitou a brinquedoteca, que foi montada com recursos de doações de consumidores de energia elétrica para o UNICEF.

Na entrevista coletiva à imprensa, ela destacou a necessidade de que o trabalho de instituições como o Iprede seja divulgado por todo o País, para estimular que outras iniciativas como essa sejam desenvolvidas. Ela ficou impressionada ao saber que a média mensal de atendimento no Iprede é de mil crianças.

Daniela Mercury observou ainda a necessidade de que a família, o Estado e a sociedade tomem conta das crianças. "São seres frágeis. Ninguém tem o direito de bater numa criança. A violência só gera violência. Quem agride uma pessoa tem que ter noção do mal que está fazendo. O ser humano nasceu para ser cuidado e não agredido", afirmou a Embaixadora do UNICEF.

Para a coordenadora do escritório do UNICEF em Fortaleza, Ana Márcia Diógenes Lima, a ideia de convidar Daniela Mercury para visitar o Iprede é uma forma de divulgar as ações de parceiros da instituição e contribuir para que essas ações sejam conhecidas por outros municípios e Estados.

O Iprede e a infância
O escritório do UNICEF em Fortaleza (responsável pelos programas e projetos da organização nos Estados do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte), que funciona no Ceará há 23 anos, apoiou o desenvolvimento do Iprede nos seus primeiros anos e, hoje, tem na instituição um dos seus principais parceiros no Ceará para o desenvolvimento e testagem de novas tecnologias sociais.

O Iprede é referência nas Regiões Norte e Nordeste do Brasil no tratamento e na prevenção dos distúrbios nutricionais e de desenvolvimento da infância. Tem como missão promover a saúde da criança, do adolescente e de suas famílias, com ênfase na nutrição e no desenvolvimento humano, produzindo tecnologias sociais que possam ser reproduzidas. Trabalha também com o fortalecimento do papel da mulher como mãe e cidadã, especialmente com a melhoria da sua autoestima e preparação para o mercado de trabalho.

Atualmente, o Iprede está fazendo a revisão técnica de material do UNICEF para o cuidado com as crianças pequenas e testando a metodologia da "mulher mediadora" no desenvolvimento infantil, na comunidade quilombola de Alto Alegre, no município de Horizonte.

Mais informações
UNICEF em Fortaleza
Telefone: (85) 3306 5700
E-mail: fortaleza@unicef.org

 

 
unite for children