Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Diretores do UNICEF e do PMA renovam pedido de apoio às vítimas das inundações no Paquistão

Islamabad, 31 de agosto – Os Diretores Executivos do UNICEF e do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) apelaram hoje à comunidade internacional para que intensifique o seu apoio às vítimas das inundações no Paquistão.

Anthony Lake, do UNICEF, e Josette Sheeran, do PMA, fizeram a declaração em uma visita conjunta durante operações realizadas em Muzzafargarh, distrito de Punjab, uma das áreas mais afetadas do país.

"Há uma ameaça tripla à medida que a crise torna-se maior e mais profunda", disse Sheeran. "As pessoas perderam as sementes, as cultura s e a renda, e isso as deixou vulneráveis à fome, à pobreza e ao desespero. A situação é extremamente grave. Neste momento de crise, temos necessidade urgente de manter e reforçar o compromisso com o povo do Paquistão."

Durante a visita de campo, os dois diretores das agências visitaram uma escola transformada em centro de ajuda de emergência, onde são distribuídos às famílias afetadas pelas enchentes kits de higiene do UNICEF.

Os diretores também assistiram a uma operação de distribuição de alimentos do PMA, que incluía alimentos especiais para lactantes e crianças pequenas, desenvolvidos de forma a evitar os estragos da desnutrição precoce. O PMA distribuiu suplementos nutricionais a 750 mil crianças e porções de comida por um mês a quase 3 milhões de pessoas. Os índices de desnutrição na área da inundação já eram elevados antes que as águas subissem e desalojassem milhões de pessoas, aumentando ainda mais o risco das crianças contraírem doenças por água contaminada.

"Estou convencido, com o que vimos hoje, de que devemos intensificar as nossas ações humanitárias para evitar uma possível segunda onda de doença e miséria para milhões de famílias, especialmente para as mulheres e crianças mais vulneráveis", disse Lake. "Não estamos aqui somente hoje, mas também a longo prazo, já que temos planos para a fase inicial da operação de recuperação."

O UNICEF distribui água potável diariamente a cerca de dois milhões de pessoas e, por meio de artigos de higiene e assistência ao saneamento, tenta impedir a ocorrência de surtos graves de doenças.

Depois do empenho inicial de salvar vidas enquanto as pessoas ainda seguem fugindo das enchentes, o PMA e o UNICEF iniciaram projetos para reparação de poços e outras obras importantes de infraestrutura. As duas agências também estão preocupadas em ajudar os agricultores em seus primeiros esforços para retornar às suas terra e preparar a próxima temporada de plantio.

Mais informações
Patrick McCormick
UNICEF em Islamabad
Telefone: 92 345 500 6502
E-mail: pmccormick@unicef.org

 

 
unite for children