Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

UNICEF e Barclays lançam programa Multiplicador Jovem Aprendiz

Iniciativa visa garantir aos adolescentes oportunidades para que se desenvolvam e ingressem no mundo do trabalho

São Paulo, 11 de agosto – Garantir aos adolescentes as oportunidades para se desenvolver integralmente é fundamental para que eles estejam fortalecidos e preparados para ingressar no mundo do trabalho. Pensando nisso, foi lançado na manhã de hoje o programa Multiplicador Jovem Aprendiz, que promoverá a formação e inserção profissional de adolescentes que vivem em comunidades populares da cidade de São Paulo. A iniciativa faz parte de uma parceria internacional do UNICEF com o Banco Barclays, da Inglaterra, que investe em projetos semelhantes em 14 países como parte do programa Building Young Futures. No Brasil, também são parceiros do projeto a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho de São Paulo e o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (Cieds).

Na aula inaugural de hoje, os adolescentes conversaram com o presidente mundial do Banco Barclays, Jerry del Missier; o presidente da ONG Atletas pela Cidadania, Raí Oliveira; e o Assessor Especial da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e do Trabalho e presidente do Banco de Microcrédito São Paulo Confia, Hugo Duarte.

O Multiplicador Jovem Aprendiz faz parte das ações da Plataforma dos Centros Urbanos, iniciativa do UNICEF que articula diversos setores da sociedade para garantir os direitos de cada criança e cada adolescente das comunidades populares das grandes cidades.

A formação dos adolescentes será promovida por organizações não governamentais indicadas pelas próprias comunidades que participam da Plataforma dos Centros Urbanos: Aldeia do Futuro, Associação dos Voluntários Integrados do Brasil (Avib), Casa do Zezinho, Bompar, Bandeirantes, Projeto Esperança de São Miguel Paulista (Projesp) e Vivenda da Criança. Juntas, essas organizações identificarão 200 adolescentes e jovens para que participem do projeto, sendo preparadas para atuar como aprendizes ou empreendedores sociais.

Além de levar formação de aprendizes em cursos como Assistente Administrativo, Telemarketing, Auxiliar de Escritório e na área de alimentação, o UNICEF e seus parceiros buscam mobilizar empresas para que elas contratem esses meninos e meninas como parte de seus programas de aprendizes. O programa também apoia jovens empreendedores na elaboração e implementação de seus planos de negócios.

Para saber mais sobre a Lei da Aprendizagem, acesse:
www.mte.gov.br/politicas_juventude

 

 

 

 

Garantindo os direitos de meninas e meninos nas cidades brasileiras


unite for children