Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

A deterioração da qualidade da água ameaça os avanços globais em relação ao acesso à água potável

Ainda que quase três quartos da Terra sejam cobertos por água, somente 1% dessa água é segura para consumo humano

Nova Iorque, 22 de março – Apesar de atualmente 87% da população mundial (quase 5,9 bilhões de pessoas) ter acesso a uma fonte melhorada de água potável, o risco de poluição da água continua, muitas vezes devido a fatores ambientais, como a crescente urbanização, industrialização e problemas de saneamento. Além disso, a qualidade da água potável muitas vezes diminui significativamente após a coleta de uma fonte melhorada, especialmente em ambientes de renda baixa, onde as fontes de água podem ser distantes das residências.

Este ano o tema do Dia Mundial da Água, "Água limpa para um mundo saudável", centra-se sobre os desafios e as soluções da qualidade da água. A água potável está cada vez mais se tornando um bem precioso à medida que poluímos os nossos sistemas de água com dejetos humanos, agrícolas e industriais.

"O acesso à água potável é essencial para uma criança sobreviver e desenvolver com sucesso a capacidade de aprender, ganhar e prosperar", disse Clarissa Brocklehurst, Chefe do Programa de Água, Saneamento e Higiene do UNICEF. "A Convenção sobre os Direitos da Criança reconhece o direito das crianças ao mais alto nível possível de saúde e, especificamente, o direito à água potável", acrescentou ela.

Água não potável é uma das principais causas de doenças transmitidas pela água, incluindo diarreia (a segunda maior causa de mortes de crianças menores de 5 anos), hepatite e febre tifoide. Doenças diarreicas matam mais crianças do que a aids, a malária e o sarampo juntos. As crianças que sofrem dessas doenças muitas vezes ficam trancadas por toda a vida em um ciclo de doenças recorrentes e crescimento incerto, com danos irreversíveis e duradouros para o seu desenvolvimento e capacidades cognitivas.

Por ocasião do Dia Mundial da Água 2010, o UNICEF apresenta um novo filme defendendo a proteção da qualidade da água potável para as residências. O lançamento será realizado em um evento global, liderado pelo PNUMA e UN-HABITAT, realizado em Nairóbi, no Quênia. O título do filme em inglês é Saving Lives with Safe Water: Household Water Treatment and Safe Storage.

O tratamento ou purificação da água residencial tem se mostrado um dos mais eficazes e acessíveis meios de evitar doenças transmitidas pela água, particularmente em tempos de emergências e epidemias, quando a contaminação fecal mata milhões. O tratamento de água para residências sozinho pode reduzir as doenças diarreicas em até 47%. Outras intervenções comprovadas e de custo eficaz incluem a lavagem das mãos com sabão, técnicas de armazenamento de água potável e monitoramento da qualidade da água em nível local e comunitário.

A abordagem do UNICEF para a sobrevivência e o desenvolvimento da criança inclui assegurar que as comunidades e as famílias tenham acesso à água potável de quantidade e qualidade adequadas, bem como um bom saneamento e boas práticas de higiene.

Para mais informações
Saira Khan
Assessora de Imprensa do UNICEF em Nova Iorque
Telefone: + 1 212 326 7224
E-mail: sskhan@unicef.org

 

 

 

 

Vídeo

Por ocasião do Dia Mundial da Água 2010, o UNICEF lançou um filme defendendo a proteção da qualidade da água potável para as residências. O título do filme em inglês é Saving Lives with Safe Water: Household Water Treatment and Safe Storage.

Assista ao vídeo (em inglês).
unite for children