Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Declaração da Diretora Executiva do UNICEF, Ann M. Veneman, sobre o terremoto no Haiti

Nova Iorque, 13 de janeiro – Estamos consternados em saber sobre o devastador terremoto no Haiti. Enquanto os esforços de socorro já começaram, a comunicação é extremamente difícil e informações precisas ainda são escassas. Está claro que as consequências são severas e que muitas crianças estão entre as vítimas. Nossos corações estão com as famílias cujas vidas foram terrivelmente impactadas pela tragédia.

Os relatórios mais recentes indicam que escolas foram destruídas, casas foram abaixo e hospitais estão lotados por um grande número de feridos em busca de assistência médica.

O UNICEF está enviando, o mais rápido possível, para Jacmel e Port-au-Prince, suprimentos de primeira necessidade para auxiliar nos esforços de recuperação, incluindo água potável, alimentos, suprimentos médicos e abrigos temporários. Nós também focaremos nas crianças que foram separadas de suas famílias, para protegê-las de maus-tratos e exploração.

Especialistas estimam que 46% dos 10 milhões de haitianos têm menos de 18 anos de idade. A necessidade de se prover alimentação, abrigo e proteção para essas crianças e adolescentes precisa ser considerada em cada um dos esforços de socorro, e o UNICEF fará de tudo para assegurar que essas necessidades sejam garantidas.

Nós também estamos muito preocupados com nossos colegas da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah), muitos deles ainda desaparecidos.

Toda a equipe do UNICEF em Port-au-Prince está a salvo, apesar de as instalações na cidade estarem severamente danificadas e nossas ferramentas de comunicação terem sido destruídas.

 

 
unite for children