Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

UNICEF homenageia vice-presidente da Fundação Itaú Social

© Fundação Itaú Social

À frente da Fundação Itaú Social e vice-presidente sênior do Banco Itaú desde 2005, Antonio Matias tem sido um dos grandes aliados do UNICEF na promoção e garantia do direito de aprender de cada criança e cada adolescente no Brasil. O seu comprometimento e o de sua equipe com a busca de uma educação de qualidade ajudaram a fortalecer, por meio de projetos como o Prêmio Itaú-UNICEF e o Melhoria da Educação no Município, centenas de organizações sociais que, em sintonia com a escola pública, promovem a aprendizagem e ampliam os horizontes das crianças e adolescentes atendidos.

Deixando um próspero legado, Antonio Matias acaba de realizar mais uma merecida conquista. Ele recentemente se aposentou de suas funções no Banco Itaú, mas continua na Fundação Itaú Social.

Ganham as crianças e adolescentes brasileiros, que contam ainda mais com a dedicação de Matias na busca da garantia do direito de aprender!

Leia abaixo uma pequena entrevista com Antonio Matias, vice-presidente da Fundação Itaú Social

1) Como o Prêmio Itaú-UNICEF vem ajudando a transformar a vida de crianças e adolescentes no Brasil?
O Prêmio busca estimular organizações que atuam em articulação com diferentes espaços socioculturais e esportivos disponíveis em seu microterritório e, principalmente, com escolas públicas e demais políticas. Essa ação foi pioneira no País no compromisso de induzir políticas de educação integral. A cada edição, contribui para ampliar a aperfeiçoar o trabalho das ONGs que executam projetos educativos em suas comunidades, oferecendo às crianças e aos adolescentes novas oportunidades de aprendizagem.

2) Qual é a importância da educação na vida de uma criança?
A meu ver, a educação é a grande oportunidade das crianças. Quanto maior o acesso de crianças e adolescentes aos bens culturais socialmente produzidos, maiores suas possibilidades de desenvolver níveis mais elaborados de letramento, condições para o sucesso escolar e para o crescimento pessoal e social. Assim, a educação, no sentido mais amplo, ultrapassa a sala de aula, incorporando aprendizagens desenvolvidas em outros espaços socioculturais. Crianças e adolescentes precisam de muitas oportunidades de aprendizagem para desenvolver o potencial humano e bem viverem na sociedade contemporânea. Por isso, a discussão da educação integral participa com cada vez mais frequência da agenda nacional.

3) Como empresas, organização da sociedade civil, comunidade e outros atores sociais podem ajudar a garantir o direito de aprender?
Uma estratégia importante para fortalecer e ampliar a educação integral no Brasil é a constituição de parcerias entre a iniciativa privada, o poder público e a sociedade civil. Essa associação permite agregar olhares diversos sobre uma questão prioritária para a sociedade contemporânea e construir respostas efetivas ao desafio de melhorar a qualidade da educação pública. É obrigação cívica e ética dos governos, das empresas, da sociedade civil organizada e de cada cidadão brasileiro comprometer-se, de alguma forma, para que os direitos da criança e do adolescente sejam garantidos. Assim, poderemos construir, cotidianamente, um Brasil mais justo, mais digno e mais contemporâneo.

 

 
unite for children