Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Dia Internacional da Mulher 2009: Mulheres e homens unidos pelo fim da violência contra mulheres e meninas

Declaração da Diretora Executiva do UNICEF, Ann M. Veneman

Nova Iorque, 8 de março – Neste ano, o Dia Internacional da Mulher chama a atenção para um problema que envergonha o mundo.

A cada dia, através do mundo, mulheres e meninas enfrentam a violência doméstica, a exploração e o abuso sexual e o tráfico. Muitas vezes, esses crimes ficam impunes.

Estupro e violência sexual são cada vez mais utilizados como uma arma de guerra em situações de conflito.

Em lugares como a República Democrática do Congo, onde cinco milhões de pessoas morreram no conflito, a violência sexual deixa muitos sobreviventes com terríveis lesões, feridas emocionais, HIV e aids e gravidez indesejada. Pode provocar consequências devastadoras em longo prazo na vida das mulheres e meninas afetadas, bem como em sociedades inteiras.

Mães que sobrevivem à violência são menos capazes de satisfazer as necessidades físicas e psicológicas dos seus filhos. Isso, por sua vez, impacta negativamente o desenvolvimento das competências sociais e o bem-estar emocional de suas crianças.

Os homens e os meninos têm um papel essencial na eliminação da violência contra as mulheres. Para que isso aconteça, é importante a implementação de programas e atividades para educar os homens e os meninos para que assumam a responsabilidade e abandonem atitudes e práticas que perpetuam a violência.

Ao longo de minhas viagens, eu conheci muitas mulheres e meninas que foram vítimas de violência, incluindo violência sexual. A dor nos seus olhos é inesquecível. Não há dúvida que a vida delas mudou para sempre.

É uma obrigação e um dever moral que as pessoas, em todos os lugares, trabalhem em conjunto para pôr fim à violência contra mulheres e crianças.

#####

Para mais informações, entre em contato com
Christopher de Bono, UNICEF Nova Iorque, 1-212-326-7984, cdebono@unicef.org

 

 
unite for children