Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

UNICEF lança cartilha indígena em Fórum de Secretários de Educação

Produzida por meio do Projeto EducAmazônia, a cartilha é a primeira bilíngue dos Tembés

Belém, 17 de fevereiro – Nesta quarta-feira, 18 de fevereiro, o UNICEF lança a primeira cartilha bilíngue da etnia Tembé, durante a realização do Fórum de Secretários Municipais de Educação, organizado pela Secretaria de Estado de Educação do Pará (Seduc). A cartilha é voltada para a educação indígena do ensino fundamental. Seu lançamento acontece ainda junto com o anúncio da Seduc de construir, ainda este ano, 17 escolas indígenas de ensino médio. Três delas serão na Terra Indígena Turé Mariquita, em Tome-Açu, nas aldeias Tembés de Caramiri, Cuxiumiri e Aldeia Nova, que vão atender 88 alunos.

Ténêtéhar Porangaty – Educação Escolar Indígena, Tembé Ténêtéhar é o nome da cartilha. Ténêtéhar significa índio; Porangaty, líder mais velho dos Tembés. Em pouco mais de 140 páginas, são contadas histórias, é descrito o alfabeto fonético, com base na língua tupi e o alfabeto tendo como referência o tupi-guarani. A cartilha também propõe atividades pedagógicas para o desenvolvimento da escrita em português e no tupi.

A publicação é resultado de um trabalho de mais de seis meses. Ao longo desse período, foram realizadas cerca de 10 reuniões e encontros, entre a equipe liderada por uma especialista em educação indígena do Projeto EducAmazônia, com o apoio da Prefeitura de Tomé-Açu, e professores, lideranças, mulheres, crianças e adolescentes indígenas para planejar, elaborar e produzir a cartilha.

Os inúmeros encontros foram recheados de conversas, troca de informações, produção de desenhos e histórias contadas e registradas. Todas essas atividades foram desenvolvidas com crianças, mulheres, lideranças e educadores. Os desenhos, as fotos e todo o conteúdo foram sendo estruturados com a participação direta dos Tembés.

Ao longo dessa construção, crianças e adolescentes retomaram contato com sua própria história. Mas um fato muito especial aconteceu: a língua dos Tembés, praticamente perdida para muitos, foi resgatada pelos poucos membros da etnia que ainda a falam.

Agenda
O quê: Lançamento da cartilha Ténêtéhar Porangaty – Educação Escolar Indígena, Tembé Ténêtéhar
Onde: Hangar, Belém, PA
Quando: 18 de fevereiro, 10 horas

Mais informações:
Ida Pietricovsky Oliveira
Assessora de Comunicação do UNICEF
Telefone: (91) 3073 5700
E-mail: ipoliveira@unicef.org

 

 
unite for children