Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Portal mostra evolução dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio nos municípios brasileiros

Levantamento realizado a partir da nova ferramenta aponta a situação dos ODM em nível municipal

Brasília, 28 de janeiro – Os brasileiros poderão contar com uma nova ferramenta para acompanhar a situação dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). Trata-se do Portal ODM (www.portalodm.org.br), que apresenta dados relacionados a essas metas em relação a cada um dos 5.564 municípios brasileiros. Os ODM são metas pactuadas pelo Brasil e por outros 190 países membros das Nações Unidas para melhorar indicadores sociais, ambientais e econômicos.

O Portal será lançado mundialmente amanhã, 29 de janeiro, no Fórum Social Mundial, que acontece em Belém (PA) até o dia 1º de fevereiro.

O objetivo do Portal ODM é permitir que cada cidadão possa acompanhar a realidade de seu município e envolvê-lo no processo de implementação de políticas públicas. Ao mesmo tempo, as empresas poderão contar com um instrumento importante na definição de suas ações de responsabilidade social corporativa em nível municipal.

O Portal foi desenvolvido pelo Observatório de Indicadores de Sustentabilidade (Orbis), programa Sesi do Paraná, Sistema Fiep e Instituto de Promoção do Desenvolvimento (IPD), sob a coordenação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Movimento Nós Podemos Paraná, Núcleo de Apoio a Políticas Públicas (NAPP), Ministério do Planejamento e Secretaria-Geral da Presidência da República.

Evolução dos ODM – Um levantamento realizado com dados obtidos no Portal ODM aponta os principais avanços e desafios dos novos prefeitos em todo o Brasil. O estudo foi realizado com grupos de municípios divididos de acordo com a proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza. A seguir, alguns destaques do documento:

Desnutrição: nos municípios com maior proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza, o percentual de crianças desnutridas (menores de 2 anos) foi reduzido em 56% entre 2000 e 2007, passando de 12% em 2000 para 5% em 2007.

Pobreza: dos 20% dos municípios com maior percentual de pessoas abaixo da linha da pobreza no País, mais de 80% estão localizados na Região Nordeste. A Região Norte, apesar de ter apenas 2% dos municípios brasileiros, representa 12% dos municípios dessa lista. Já na lista dos 20% com menor percentual de pobreza, 95% deles estão nas regiões Sul e Sudeste.

Educação: a distorção idade-série nos municípios com maior proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza é três vezes maior no ensino fundamental e 2,5 vezes maior no ensino médio em relação ao grupo de municípios com menor proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza.

Mercado de Trabalho: as mulheres têm maior participação no mercado formal de trabalho nos municípios com maior proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza do que nos municípios com menor proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza. Dados de 2007 mostram que, nos primeiros, a participação da mulher é de 56%; já no segundo, a participação feminina é de 39%.

Mortalidade infantil: a Região Sudeste dobrou seus municípios com taxa de mortalidade infantil inferior a 15 a cada mil nascidos vivos. Passou de 27%, em 1996, para 54%, em 2006. A Região Sul possui 62% de seus municípios nessa condição.

Saúde das gestantes: nos últimos oito anos, a mortalidade materna aumentou 11% nos municípios com maior proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza e diminuiu 27% nos municípios com menor proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza.

Combate ao HIV/aids: apesar do HIV/aids ser uma doença que teve sua propagação nos grandes centros urbanos, 72% dos municípios com menos da metade da população urbana já apresentou registro de casos entre 1990 e 2006.

Meio ambiente: os municípios das regiões Norte e Nordeste foram os que relataram apresentar mais ocorrências impactantes no meio ambiente nos últimos 24 meses (93% e 94%, respectivamente). Vinte e dois por cento dos municípios do Norte e 26% do Nordeste afirmaram que essas ocorrências afetaram a vida da população.

Inclusão digital: os municípios com maior proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza têm apenas 2% das escolas do ensino fundamental e 25% do ensino médio com acesso à internet. Já nos municípios com menor proporção de pessoas abaixo da linha da pobreza, esses valores passam para 55% e 81%, respectivamente.


Mais informações:
Assessoria de Comunicação do UNICEF
Estela Caparelli
Telefone: (61) 3035 1963 mecaparelli@unicef.org
Alexandre Magno
Telefone: (61) 3035 1947 aamorim@unicef.org

Assessoria de Comunicação do Orbis
Christiane Kremer
Telefone: (41) 3271 9139 christiane.kremer@fiepr.org.br

 

 
unite for children