Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Melhoria da saúde indígena é tema de encontro em Oriximiná

UNICEF, povos indígenas, Funasa, gestores municipais e outros participam do evento

Belém, 25 de novembro – UNICEF, lideranças indígenas do povo Wai-Wai, técnicos da Funasa e secretários municipais de Saúde, Educação e Ação Social de Oriximiná (PA) se reunem, nesta quinta-feira (27), para discutir a implementação do projeto “Etnicidade, humanização e saúde indígena: promovendo a saúde de crianças e adolescentes das etnias Gavião e Wai-wai (Pará)”. Entre os objetivos estão o desenvolvimento de capacidades dos profissionais de saúde e gestores para atenção à saúde com qualidade e humanizada a população indígena e o desenvolvimento de competências familiares possibilitando o fortalecimento de sua autonomia e reconhecimento da cidadania plena dos povos indígenas.

Nesse encontro, que acontecerá em Oriximiná, município situado no baixo Amazonas, a oeste do Estado do Pará, dar-se-á início a um processo de avaliação da rede de assistência à saúde, nas unidades de saúde das terras indígenas e/ou nos pólos-base (atenção básica), na rede de referência do SUS (atenção de média e alta complexidade) e do apoio na(s) Casa(s) de Saúde Indígena de acordo com a Política Nacional de Atenção aos Povos Indígenas. Esse projeto é desenvolvido em parceria com o Museu Paraense Emilio Goeldi.

A próxima etapa será chegar aos municípios de Bom Jesus do Tocantins e Marabá para discutir a saúde de crianças do povo Gavião. Apesar de estar situados em Bom Jesus do Tocantins, parte do atendimento de saúde desses povos dá-se em Marabá. A meta é fazer valer os direitos da criança e do adolescente indígena das etnias Gavião e Wai Wai, em resposta ao desafio da inclusão social e da eliminação de todo e qualquer tipo de discriminação, promovendo a garantia do acesso aos serviços de saúde com atenção de qualidade e humanizada.

As atividades previstas são:

  • Realizar uma oficina de socialização entre os participantes do projeto sobre inovação e transferência científico-tecnológica;
  • Realizar oficinas para pessoas da comunidade indígena, profissionais de saúde e agentes indígenas de saúde, agente indígena de saneamento e gestores das unidades de saúde, abordando a atenção a saúde de qualidade e humanizada, em consonância com os princípios referidos;
  • Realizar oficinas de capacitação para famílias da comunidade indígena, abordando o protagonismo dos índios para controle social e garantia de direitos de acesso às ações e serviços de promoção, proteção e recuperação da saúde com qualidade;
  • Realizar oficinas para elaborar material educativo de atenção à gestante e desenvolvimento integral da criança - pré-natal aos seis anos de idade -, com a participação de equipe multidisciplinar (saúde, educação, antropologia, comunicação) e representantes das comunidades indígenas;
  • Identificar e sistematizar os principais agravos, vulnerabilidades, fatores de risco e seus determinantes que acometem a saúde das crianças e adolescentes das duas comunidades indígenas;
  • Levantar, analisar e sistematizar os serviços ofertados, fluxo de atendimento disponível na atenção básica, média e alta complexidade ambulatorial e hospitalar, como também, quantificar os procedimentos de enfermagem, consultas médicas, de enfermagem, atendimento odontológico e internação hospitalar na atenção a gestante, crianças até os 6 anos de idade e adolescentes indígenas nas unidades de atenção nos três níveis de complexidade da assistência.

Mais informações:
Ida Pietricovsky Oliveira
Assessora de Comunicação do UNICEF em Belém
Telefone: (91) 3073 5700
E-mail: ipoliveira@unicef.org

 

 
unite for children