Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

Governadores apóiam a Agenda Criança Amazônia

Crianças e adolescentes terão prioridade absoluta nas políticas públicas da região

© Ray Nonato/Agência Unama
Ana Júlia Carepa, governadora do Pará, e Jackson Lago, governador do Maranhão, assinam o painel "O mundo para a criança e o adolescente da Amazônia Legal Brasileira".

Agência Unama

Belém, 2 de junho – Sete governadores da Amazônia Legal assinaram a Agenda Criança Amazônia, na sexta-feira 30 de maio, em ato promovido durante a primeira Reunião do Fórum de Governadores da Amazônia Legal, realizada em Belém (PA). Por meio de uma ação simbólica, os governadores do Maranhão, Pará, Amapá, Acre, Mato Grosso, Tocantins e Roraima firmaram o acordo, assinando o painel "O mundo para a criança e o adolescente da Amazônia Legal Brasileira".

A Agenda Criança Amazônia é um compromisso para a construção de um plano de ação para integração, articulação e cooperação voltadas para a garantia dos direitos de cada criança e de cada adolescente da região. Ao assinar a Agenda, os governadores comprometem-se a efetivar políticas públicas que beneficiem os mais de 9 milhões de meninos e meninas da Amazônia Legal Brasileira.

A representante do UNICEF no Brasil, Marie-Pierre Poirier, participou do evento. Para ela, é importante que nesse Fórum, em que os gestores estaduais debatem o desenvolvimento da região, seja ressaltada a temática da infância e da adolescência. "Este ato é fundamental, pois o I Fórum de Governadores da Amazônia coloca objetivos comuns que combinam desenvolvimento e proteção do meio ambiente. Mas desenvolvimento para quê e para quem? O País como um todo vem caminhando para alcançar as metas do milênio, mas isso esconde o fato de algumas áreas, como Amazônia e Nordeste, ainda terem muito a conquistar", declarou a representante.

A governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, disse que não existe desenvolvimento nacional sem uma estratégia clara para a Amazônia. Para ela, o Fórum tem a função de incluir a região como prioritária nas políticas do País. Segundo Ana Júlia, "é preciso que o Brasil saiba que a Amazônia não é um vazio de homens e nem um vazio de idéias, como durante muito tempo foi repetido".

Para o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, só é possível garantir os direitos da infância e da adolescência com o desenvolvimento sustentado. "Sem isso, as crianças não têm boa educação, nem uma boa alimentação e a mortalidade é maior. O desenvolvimento sustentado é a garantia de que as crianças, as mulheres e a população em geral vão ter acesso aos serviços públicos, sem a destruição da floresta".

De acordo com Marie-Pierre, a articulação com o governo federal e os Estados é paralela ao movimento nos municípios. A Agenda Criança Amazônia já está sendo realizada em 77 municípios no Estados do Pará, Amazonas e Maranhão. "Estamos tentando verificar como articular as vontades tanto do prefeito como da sociedade civil", disse Marie-Pierre.

Mais informações:
Ida Pietricovsky Oliveira – Assessora de Comunicação do Escritório do UNICEF em Belém
Telefone: (91) 3073 5700 ou 8128 9022
E-mail: ipoliveira@unicef.org

 

 
unite for children