Imprensa

Notícias

Notícias de 2013

Notícias de 2012

Notícias de 2011

Notícias de 2010

Notícias sobre o Haiti

Notícias de 2009

Notícias de 2008

Notícias de 2007

Concurso Adobe Youth Voices Aspire Awards UNICEF Challenge

Concurso infanto-juvenil de vídeos de um minuto

Materiais para radialistas

Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV

Discursos do Representante do UNICEF no Brasil

Artigos

Outros discursos

Expresso 227

Contatos

 

UNICEF, parceiros e convidados discutem a relação entre escola e comunidade na educação integral de crianças e adolescentes

Rio de Janeiro, 12 de agosto – A interação entre comunidade e escola para promover a educação integral de meninos e meninas é o tema central do seminário que o UNICEF promove no dia 16 de agosto no Rio de Janeiro, em parceria com o Ministério da Educação, a Cidade Escola Aprendiz, as prefeituras de Belo Horizonte (MG) e Nova Iguaçu (RJ) e com o apoio do sistema Firjan. O seminário Direito de Aprender – Educação Integral e Comunitária tem início às 9h, da quinta-feira 16, no auditório da Firjan, centro da cidade do Rio de Janeiro.

O Brasil tem cerca de 40 milhões de crianças e adolescentes em idade escolar (de 6 a 18 anos). 800 mil ainda estão fora da escola. Outras centenas de milhares abandonam ou evadem a escola. De cada 100 estudantes que entram no ensino fundamental, 82 concluem a 5ª série, 59 terminam a 8ª série e apenas 40, o ensino médio. A evasão escolar e a falta às aulas ocorrem por diferentes razões, incluindo o trabalho infantil, a violência e gravidez precoce. Para o UNICEF, a educação integral e comunitária é uma possibilidade de resposta aos desafios da universalização e da qualidade da educação no País.

Com palestrantes diversificados, que representam escolas, gestores municipais, empresas, comunidades e sociedade civil, no Seminário, será debatido como as escolas, as famílias, os professores, as comunidades, o setor privado e outros parceiros podem contribuir, participar e compartilhar a responsabilidade de garantir o direito à educação de qualidade para cada criança e adolescente.

A partir de experiências de educação comunitária apresentadas no evento, os participantes discutirão como podem ser articuladas políticas públicas de educação integral e comunitária. Essas políticas surgem como respostas para garantir a qualidade da educação por meio do fortalecimento de parcerias e da participação das famílias e das comunidades. O objetivo é incrementar a aprovação e a aprendizagem dos alunos e reduzir a evasão escolar, a repetência e a distorção idade-série em municípios da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Durante a manhã, participam do debate a coordenadora geral do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária, Maria do Carmo Brant de Carvalho; a coordenadora do Bairro-Escola de Nova Iguaçu, Maria Antonia Goulart; e Hugo Vocurca, Secretário Municipal de Educação de Belo Horizonte e idealizador da Escola Integrada de Belo Horizonte.

Na parte da tarde, um debate coordenado por Francisco Potiguara, do Ministério da Educação, convida Maria José Silva, da ONG Nós do Morro; a coordenadora dos Pontos de Cultura e da Casa das Artes, Sueli Lima; a diretora da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) no Rio de Janeiro, Stella Magaly Salomão; a gerente de projetos sociais da Petrobras, Janice Dias; e a professora Maria Rosa Oliveira, coordenadora pedagógica da Escola Municipal Madrid, em Vila Isabel.

No final do dia, será lançada a publicação Bairro-Escola: Passo a Passo, uma cartilha que apresenta experiências de parcerias entre escolas, comunidades, famílias e empresas para promover a educação de crianças e adolescentes.

Outros três seminários sobre Educação Integral e Comunitária ocorrerão ainda neste ano em São Paulo, Salvador e Fortaleza.

Agenda
O que: Seminário O Direito de Aprender – Educação Integral e Comunitária
Quando: 16 de agosto, quinta-feira, das 9h às 18h
Onde: Auditório da Firjan, 13º andar. Av. Graça Aranha, 1. Rio de Janeiro, RJ

 

 
unite for children