Nossas prioridades

Infância e adolescência no Brasil

Sobreviver e se desenvolver

Aprender

Proteger(-se) do HIV/aids

Crescer sem violência

Ser prioridade absoluta nas políticas públicas

Adolescentes

Raça e etnia

Esportes e lazer

Cooperação Horizontal Sul-Sul

Lista das instituições apoiadas pelo UNICEF

 

Cooperação humanitária

A parceria global entre o Governo do Brasil e o UNICEF oferece também alívio às vítimas de desastres sociais e ambientais, para salvar e preservar a vida onde existam pessoas necessitando de ajuda, e também prevenindo e aliviando o sofrimento humano, e levando em consideração a integridade e dignidade das populações afetadas.
Essa parceria global está evoluindo para além do alívio emergencial e da resposta a desastres, permitindo identificar esforços destinados a implementar políticas unificadas para situações de emergência. Como resultado, vidas são salvas enquanto os direitos de grupos populacionais que normalmente são negligenciados em situações de emergência são protegidos.

Nessa modalidade, a Unidade de Cooperação Sul-Sul facilitou doações para atender às crises sociais e ambientais na Angola, Armênia, Azerbaijão, Cazaquistão, El Salvador, Haiti, Mali, Mauritânia Níger, Somália e Ruanda; para o desenvolvimento de uma estratégia de redução de riscos de desastres na América Latina e Caribe em 2012; e para atender às crises na Síria – por meio da campanha “No Lost Generation” –, nas Filipinas – para aliviar o sofrimento causado pelo supertufão Haiyan –, e no Congo – para projetos de reintegração de crianças soldado.

Essa parceria global está progredindo, e um componente estratégico da Redução do Risco de Desastre foi incorporado, facilitando uma série de experiências horizontais entre o Brasil e diversos outros países, consolidando assim a cooperação no compartilhamento de boas práticas e de ações concretas de follow-up, com potencial para futuras formas de cooperação entre governos.

Nesse sentido, o Governo Brasileiro desenvolveu o Protocolo Nacional para Proteção Integral de Crianças e Adolescentes em Situação de Desastres, com apoio técnico do UNICEF, e essa boa prática tem sido compartilhada com países interessados em desenvolver os seus protocolos nacionais com base no sucesso brasileiro.

 

 
unite for children