Nossas prioridades

Infância e adolescência no Brasil

Sobreviver e se desenvolver

Aprender

Proteger(-se) do HIV/aids

Crescer sem violência

Ser prioridade absoluta nas políticas públicas

Adolescentes

Raça e etnia

Esportes e lazer

Cooperação Horizontal Sul-Sul

Lista das instituições apoiadas pelo UNICEF

 

Estratégias do UNICEF pelo direito a aprender

© UNICEF/BRZ/Gilvan Barreto

A construção de parcerias em torno do direito a aprender tem se mostrado uma grande aliada da aprendizagem. O envolvimento das escolas, famílias, poder público, empresas (pequenas, médias ou grandes), organizações da sociedade civil, associações comunitárias e de bairro, organismos internacionais e pessoas comuns dá uma nova dimensão ao aprendizado de crianças e adolescentes.

Parcerias podem trazer recursos para a escola, viabilizar programas educativos e aprimoramentos na infra-estrutura, além de proporcionar a criação de programas socioculturais e pedagógicos.

Por isso, o UNICEF vem construindo alianças para reforçar o compromisso da sociedade com a educação. Dessa maneira, busca-se construir uma rede de organizações (públicas, privadas ou da sociedade civil) que, articulada com a escola, atue na garantia do direito a aprender.

Ações do UNICEF, junto com seus parceiros, para garantir a educação de qualidade e o direito a aprender

Sistematização, disseminação e análise de experiências de educação integral:

  • Publicação do Passo a Passo da Educação Integral e Comunitária – Parceria com Ministério da Educação (MEC), Associação Cidade Escola Aprendiz, Todos pela Educação e Fundação Educar. A publicação é enviada para os dirigentes municipais de educação dos 5.564 municípios brasileiros.
  • Realização de seminários para apresentação e discussão de propostas de educação integral – Conta com a participação de representantes do MEC e de gestores estaduais e municipais, além de parceiros locais e nacionais das áreas de educação, educomunicação entre outros.

Pesquisa, sistematização e disseminação de boas práticas que garantem o direito a aprender em escolas, comunidades e redes municipais:

  • Aprova Brasil, o direito de aprender – Apresenta boas práticas de 33 escolas brasileiras em comunidades socioeconomicamente vulneráveis. Essas escolas tiveram resultados acima da média na Prova Brasil 2005. A publicação busca identificar os fatores que levaram a aprendizagem dos alunos. Realizada em parceria com o MEC e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Aprova Brasil é enviado para os dirigentes municipais de educação dos 5.564 municípios brasileiros.
  • Realização de pesquisa em redes municipais de ensino – Realizado em 40 municípios de todas as regiões brasileiras que obtiveram Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica acima da média brasileira, mesmo situando-se em municípios socioeconomicamente vulneráveis. Os resultados da pesquisa serão divulgados em março de 2008.

Desenvolvimento das capacidades dos gestores municipais e escolares:

  • Programa Melhoria da Educação nos Municípios – Parceria com o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultural e Ação Comunitária (Cenpec). Vem desenvolvendo uma metodologia de capacitação e mobilização de gestores municipais, gerando tecnologias que podem ser disseminadas para outros municípios e regiões, com ênfase no Semi-árido.
  • Programa de Fortalecimento das Secretarias Municipais de Educação do Semi-árido – Parceria com MEC, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e diversas universidades públicas do Nordeste que busca a capacitação dos gestores educacionais.
  • Custo Aluno Qualidade Inicial (CAQI) – Apóia o estudo desenvolvido pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, voltada para o estabelecimento de parâmetros de custos para uma educação básica de qualidade.

Fortalecimento das organizações que desenvolvem ações complementares à escola, na perspectiva da educação integral:

  • Prêmio Itaú-Unicef – Realizado em parceria com a Fundação Itaú Social e o Cenpec, o Prêmio Itaú-Unicef busca reconhecer as ONGs que desenvolvem programas no contra-turno escolar, voltados para o desenvolvimento de capacidades de crianças e adolescentes e fortalecimento da escola. Na edição 2007/2008, inscreveram-se mais de 1,5 mil projetos de todas as regiões. As 180 organizações semi-finalistas participarão, em 2008, de um programa de formação voltado tanto para a gestão quanto para aspectos relacionados com a educação integral. O prêmio tem a participação da Undime, Colegiado Nacional de Gestores Municipais da Assistência Social (Congemas), Canal Futura, Rede Andi e Conselho Nacional dos Secretários de Educação (Consed).
    O Prêmio Itaú-UNICEF é uma das ações do projeto Educação & Participação, desenvolvido pelo Cenpec – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária, em parceria com o UNICEF e a Fundação Itaú Social, desde 1993.

Apoio a projetos e iniciativas voltados para a educação contextualizada:

  • Convivência com o Semi-árido – Esse é um dos temas centrais do Selo UNICEF Município Aprovado, Edição 2007/2008. Tem o objetivo de levar a todas as escolas da região uma reflexão e mobilização sobre os aspectos socioambientais e culturais da região. Os principais parceiros do UNICEF nesse tema são as organizações integrantes da Resab – Rede pela Educação no Semi-árido.
  • Apoio à formação de educadores infantis e elaboração de diretrizes para a educação infantil nos assentamentos e acampamentos da reforma agrária – Parceria com o Instituto Técnico de Estudos Agrários e Cooperativismo do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (Itac/MST) que busca garantir a educação de crianças de até 6 anos nos assentamentos de reforma agrária.

Cooperação com o MEC e com dirigentes estaduais e municipais de educação:

  • Participação na discussão e acompanhamento de implementação do PDE – Plano de Desenvolvimento da Educação – Tem como foco a garantia dos direitos das crianças e a redução de desigualdades. O UNICEF apóia o Cenpec no desenvolvimento das ações de formação de consultores que atuam nos municípios brasileiros com Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Além disso, está sendo construída uma metodologia de acompanhamento e avaliação da implementação dos Planos Municipais.

 

 
unite for children