Nossas prioridades

Infância e adolescência no Brasil

Sobreviver e se desenvolver

Aprender

Proteger(-se) do HIV/aids

Crescer sem violência

Ser prioridade absoluta nas políticas públicas

Adolescentes

Raça e etnia

Esportes e lazer

Lista das instituições apoiadas pelo UNICEF

 

Educação integral

© João Ripper/Imagens Humanas

A escola é elemento essencial no processo de aprendizagem, mas, para se garantir o direito de aprender, é preciso que esteja associada a outros espaços. A educação vai muito além da sala de aula. Ruas, parques, centros de convivência comunitária, organizações sociais, ambiente familiar e outros espaços têm o potencial de se tornar lugares de aprendizagem, onde crianças brincam, experimentam e descobrem o mundo.

Cabe à escola o papel de unir o saber escolar ao saber popular e comunitário e, dessa forma, ajudar seus alunos a se tornarem mais conscientes, participativos e capazes de entender e melhorar a realidade de suas famílias e comunidades.

Para que a educação integral seja efetiva, é preciso considerar dois pontos chaves:

• Educação contextualizada – significa incorporar a todas as ações educativas, sejam as desenvolvidas na escola, sejam aquelas realizadas como ações complementares na comunidade, o reconhecimento da realidade e da diversidade regional e local, nas suas dimensões culturais, sociais e econômicas.
• Atenção individualizada – significa reconhecer cada criança e adolescente como sujeito do processo de aprendizagem, reforçando e valorizando seus conhecimentos e suas possibilidades e apoiando-os no enfrentamento de seus desafios.

O UNICEF atua para levar a educação e o aprendizado para todos os espaços de convivência da criança e do adolescente. Assim, procura estimular que o lar e a comunidade ofereçam ambientes acolhedores e estimulantes, que favoreçam a aprendizagem e a criatividade.

 

 
unite for children