1ª quinzena de julho - 2006
UNICEF PROMOVE ATIVIDADES DE PREVENÇÃO À AIDS PARA ADOLESCENTES ESCOTEIROS

Cerca de 400 adolescentes com idade entre 11 e 17 anos participam das oficinas Conversando sobre DST e HIV/aids – O que você precisa saber, promovidas pelo UNICEF, em Brasília. Com jogos educativos e atividades em grupo, os participantes vão aprender como se prevenir da aids e de doenças sexualmente transmissíveis, discutir a importância de se proteger e conhecer sua vulnerabilidade em relação ao HIV. Os jovens da Federação de Bandeirantes do Brasil, de Brasília, serão os facilitadores das oficinas.

Agenda

O quê: Oficinas Conversando sobre DST e HIV/aids – O que você precisa saber

Quando: Entre os dias 17 e 21 de julho, durante o III Jamboree Nacional

Onde: No estande das Nações Unidas no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.

As oficinas serão realizadas durante o III Jamboree Nacional, maior encontro dos escoteiros no Brasil, realizado entre os dias 17 e 21 de julho. Um grande acampamento no Parque da Cidade, em Brasília, espera reunir quatro mil pessoas do País inteiro.

As atividades promovidas pelo UNICEF ocorrem quatro vezes por dia. Ao final de cada oficina, os adolescentes respondem a um questionário para avaliar se estão vulneráveis à aids e podem decidir se devem ou não realizar o teste de HIV.

A estratégia é a mesma utilizada no programa Saúde e Prevenção nas Escolas, uma iniciativa do UNICEF, da Unesco, do Ministério da Educação, Ministério da Saúde e do Programa Nacional de DST e Aids.

INTOLERÂNCIAS E RACISMO EM DISCUSSÃO

Entre os dias 26 e 28 de julho, será realizada, em Brasília, a Conferência Regional das Américas – Avanços no Plano de Ação contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerâncias Correlatas. O encontro é coordenado pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) e tem apoio das agências das Nações Unidas, entre elas, o UNICEF.

O fato de nascer negro no Brasil ainda pode limitar as oportunidades de crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes. De acordo com o IBGE, em 2003, quase 50% das crianças negras viviam em famílias pobres, enquanto esse percentual entre as crianças brancas era de 26,1%.

O evento reunirá representantes de governos e sociedade civil de vários países para discutir os avanços em políticas públicas de promoção de igualdade racial.

Agenda
O quê: Conferência Regional das Américas - Avanços no Plano de Ação contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerâncias Correlatas
Quando
: 26 a 28 de julho de 2006
Onde: Hotel Blue Tree (Brasília, DF)

Mais informações: http://www.americascontraracismo.com.br

EMISSORA DE TV COLOMBIANA REPRESENTA AMÉRICA LATINA NO EMMY

A televisão colombiana RCN Televisión foi escolhida para representar a América Latina e o Caribe no prêmio Emmy pelo Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV (ICDB).

O prêmio Emmy é concedido à melhor programação televisiva no dia comemorativo à infância em emissoras do mundo inteiro pela Academia Internacional de Televisão, Artes e Ciência.

O Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV (ICDB) é comemorado todos os anos no segundo domingo de dezembro, por emissoras do mundo inteiro.

Em 2005, o tema do ICDB foi Esportes para o Desenvolvimento e a Paz . Neste ano, o UNICEF acaba de lançar o convite para que radialistas e apresentadores realizem sua programação do ICDB em torno da campanha Unidos com as crianças e os adolescentes – Unidos vamos vencer a aids!

A TV Cultura, do Brasil, foi a vencedora do prêmio Emmy do ICDB por três anos consecutivos, em 1998, 1999 e 2000.

Durante a pré-seleção latino-americana, estavam concorrendo Once TV, do México; RCTV, da Venezuela; Canal Capital, RCN Televisión e Tele Antioquia, da Colômbia; e as emissoras brasileiras TV Cultura e TVE. O canal vencedor concorre agora com os pré-selecionados de outras regiões. A premiação final acontece no dia 20 de novembro de 2006.

DIA 31 DE JULHO É O ÚLTIMO DIA PARA AS INSCRIÇÕES NO 3° CONCURSO TIM LOPES DE INVESTIGAÇÃO JORNALÍSTICA

As inscrições do 3° Concurso Tim Lopes de Investigação Jornalística terminam no próximo dia 31 de julho. O prêmio incentiva jornalistas a abordar a violação de direitos de crianças e adolescentes relacionada ao abuso e à exploração sexual comercial de meninas e meninos. O concurso premia as melhores sugestões de pauta e oferece recursos financeiros para a realização da reportagem.

A iniciativa é da Agência de Notícias dos Direitos da Infância (Andi) e do Instituto WFC-Brasil, com o apoio técnico do UNICEF, da Organização Internacional do Trabalho (OIT), da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

Para ler o regulamento e se inscrever, acesse www.andi.org.br/timlopes

O nome deste boletim é uma homenagem ao artigo 227 da Constituição Federal que trata dos direitos de crianças e adolescentes brasileiros. O artigo 227 é regulamentado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

Toda a legislação referente a crianças e adolescentes pode ser encontrada na biblioteca virtual do UNICEF, disponível em http://www.unicef.org.br.
Para mais informações sobre os assuntos e projetos descritos neste boletim,
ou para agendar entrevistas com os profissionais do UNICEF, entre em contato com
Rachel Mello - tel.: (61) 3035 1947 ou Flávia Ribas - tel.: (61) 3035 1951