1ª quinzena de dezembro - 2005
UNICEF E PARCEIROS ANUNCIAM PLANO CONJUNTO DE PREVENÇÃO AO HIV/AIDS ENTRE ADOLESCENTES
Prevenção do HIV nas escolas deverá atingir milhões de adolescentes

O UNICEF, a Unesco, o Ministério da Educação e o Programa Nacional de DST e Aids do Ministério da Saúde lançam o plano de ação do programa Saúde e Prevenção nas Escolas nesta sexta-feira, 9 de dezembro, em Brasília. Na mesma ocasião, serão apresentados os resultados da Análise dos Dados do Encarte Saúde do Censo Escolar 2005 e da Pesquisa sobre Comportamento Sexual da População Brasileira e Percepções do HIV/Aids.

O programa Saúde e Prevenção nas Escolas deverá atingir sete milhões de adolescentes nos próximos cinco anos. O objetivo principal é oferecer informações adequadas para meninos e meninas sobre as melhores maneiras de proteção e prevenção do HIV/Aids. O plano de ação conjunto faz parte da campanha global Unidos com as crianças e os adolescentes. Unidos vamos vencer a Aids!, lançada no Brasil no dia 22 de novembro.

Desde então, o UNICEF e o Ministério da Educação iniciaram a aplicação de questionários entre estudantes do ensino médio, para que os próprios adolescentes possam avaliar a sua vulnerabilidade em relação à epidemia e buscar os serviços de testagem e aconselhamento.

O projeto-piloto já foi realizado em quatro unidades da Federação: Distrito Federal, Pará, Ceará e Pernambuco. Cerca de dois mil estudantes, de 15 a 18 anos participaram do programa, que será estendido a outros Estados a partir de 2006.

Agenda
O que: Lançamento do plano de ação do programa Saúde e Prevenção nas Escolas
Quando: Sexta-feira, 9 de dezembro, às 10h30
Onde: Auditório Emílio Ribas do Ministério da Saúde, em Brasília.

DIREITO AO ESPORTE É TEMA DO DIA INTERNACIONAL DA CRIANÇA NO RÁDIO E NA TV

O UNICEF e a Academia Internacional de Artes e Ciências da Televisão convidam as emissoras de todo o mundo para que, este ano, dêem destaque aos esportes no Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV, no próximo domingo, 11 de dezembro.

Com mais de 2 mil emissoras de rádio e televisão programadas para participar, o Dia se concentrará em como os esportes e os jogos proporcionam a crianças e adolescentes a oportunidade de se expressarem e se tornarem agentes de mudanças em suas próprias comunidades.

O esporte melhora a vida das crianças. O esporte melhora sua saúde, ensina-lhes importantes lições sobre respeito, liderança e igualdade”, disse David Beckham, embaixador do UNICEF e grande ídolo mundial do futebol. “Todas as crianças têm o direito ao esporte e ao lazer, independentemente de seu gênero ou suas habilidades naturais”, completou Beckham.

Leia o boletim Expresso 227 - Edição Especial sobre o Dia Internacional da Criança no Rádio e na TV.

UNICEF LANÇA RELATÓRIO SOBRE INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA NA TRÍPLICE FRONTEIRA
Trabalho une escritórios do UNICEF na Argentina, no Brasil e no Paraguai, com apoio da Itaipu Binacional

O UNICEF lança na próxima segunda-feira, 12 de dezembro, em Foz do Iguaçu, Paraná, o relatório Situação das Crianças e dos Adolescentes na Tríplice Fronteira – Argentina, Brasil e Paraguai. O lançamento acontece durante coletiva de imprensa, às 10h30, na sede da Itaipu Binacional, que apoiou a realização do levantamento.

Agenda
O que: Lançamento do relatório Situação da Criança e do Adolescente na Tríplice Fronteira – Argentina, Brasil e Paraguai.
Quando: 12 de dezembro, às 10h30
Onde: Auditório do Centro de Recepção de Visitantes da Itaipu –
Av. Pres. Tancredo Neves, 6702.
Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil.

O estudo analisou 62 municípios da região, onde vivem cerca de 880 mil meninos e meninas, que representam, em média, 45% da população na região de fronteira entre os três países. O relatório aborda quatro eixos fundamentais: saúde, educação, proteção e HIV/Aids.

A pesquisa, realizada em 15 municípios argentinos, 32 brasileiros e 15 paraguaios, revela a diversidade da situação das crianças que vivem na região. Alguns indicadores revelam uma condição melhor do que as médias nacionais, mas outros indicam a situação de risco social em que vivem crianças e adolescentes. Pobreza e insuficiência de serviços sociais básicos de qualidade para garantir saúde, educação e proteção são alguns dos problemas enfrentados por muitos dos meninos e meninas da região. O relatório também faz sugestões e relata experiências que estão sendo implementadas nesses municípios para ajudar a reverter a situação. Essas iniciativas mostram como governos, sociedade civil e empresas podem participar no enfrentamento dos desafios.

O objetivo do estudo Situação da Criança e do Adolescente na Tríplice Fronteira – Argentina, Brasil e Paraguai é aprofundar o conhecimento sobre a infância e a adolescência nessa região. O relatório pretende chamar a atenção de governos e sociedade civil para a situação de crianças que estão vulneráveis à exploração, violência, escassez de acesso a serviços básicos, entre outros problemas. Deve, ainda, apoiar a elaboração e implementação de programas pela garantia dos direitos de meninos e meninas na região.

“Quando se deseja superar desafios e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes, é preciso transpor fronteiras. Argentina, Brasil e Paraguai contam com grande potencial, que somado aos esforços da sociedade civil, de empresas e dos governos que não apenas ajudarão a mudar a realidade, mas poderão servir de modelo para todo o Mercosul”, acredita Nils Arne Kastberg, diretor regional do UNICEF para a América Latina e o Caribe.

Financiado pela Itaipu Binacional e o UNICEF Argentina, o estudo foi elaborado pelos escritórios do UNICEF na Argentina, no Brasil e no Paraguai.

Milhões de crianças e adolescentes em todo o mundo estão excluídos e invisíveis, como resultado de desigualdades, pobreza, HIV/Aids, conflitos armados e discriminação.

Relatório Situação Mundial da Infância 2006 - Excluídas e Invisíveis Lançamento global, dia 14 de dezembro de 2005.

O nome deste boletim é uma homenagem ao artigo 227 da Constituição Federal que trata dos direitos de crianças e adolescentes brasileiros.
O artigo 227 é regulamentado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

Toda a legislação referente a crianças e adolescentes pode ser encontrada na biblioteca virtual do UNICEF, disponível em http://www.unicef.org.br.
Para mais informações sobre os assuntos e projetos descritos neste boletim,
ou para agendar entrevistas com os profissionais do UNICEF, entre em contato com
Rachel Mello - tel.: (61) 3035 1947 ou Flávia Ribas - tel.: (61) 3035 1951